Iª NOITE DO JAZZ FUSION: SOBROU ENERGIA!

3 out

Sinceramente, não esperava menos do que outra noite histórica da música sergipana, puxada pelo Jazz. É claro que eu estava certo, mas o nível da coisa foi além dessa expectativa. O padrão artístico promovido pelo Quarteto Clube do Jazz na noite diluviana do dia 29 de setembro mostrou o que pode acontecer quando músicos talentosos colocam o coração a serviço do Bem. O público entendeu tudo de imediato e correspondeu com aquela atenção cúmplice que, me perdoem o possível exagero, só tenho visto nas festas do Clube do Jazz. Mérito de todo mundo, portanto.

Em vez de palavras, preferiria postar aqui um ou mais vídeos com temas apresentados pelo Quarteto Clube do Jazz. Por exemplo, Con Polenta, obra inspirada do saxofonista Alejandro Habib que encarnou à perfeição o espírito da noite, botando numa tigela e batendo juntos baião, funk e salsa. Repito: baião, funk e salsa! Mas é claro que o cardápio servido foi muito além dessa polenta, com direito a temas de alta riqueza, muitas vezes exigentes tecnicamente. Após quase três anos de vida e tocando semanalmente, o Quarteto tem enfrentado desafios constantemente e não se mixa. Vence sempre. O saxofonista tenor Davysson Lima foi o convidado-estrela da noite e trouxe muito colorido ao resto do time, com fluência e força em seu vocabulário musical.

Tenho certeza de que celebrar o Jazz Fusion, corrente por longo tempo vítima de preconceito no Jazz em virtude de sua suposta impureza, foi mais do que acertada. Tivemos a oportunidade de colocar todas as experiências individuais acumuladas pelos músicos, não importa o horizonte, a serviço da criatividade que apenas a linguagem jazzística permite. Um exemplo disso é a versão irresistível do clássico do rock pesado Smoke on the Water em pegada Latin Jazz, guardando a originalidade dos riffs de guitarra com toda uma cozinha requebrante e um sax barítono detonando tudo. Em síntese, misturas curiosas e com o astral lá para cima.

Como sempre, nossas festas do Clube do Jazz são uma parceria entre músicos, produção, Capitão Cook, colaboradores abnegados e, sublinho, um público ultrafiel e entusiasta. Público, aliás, que imediatamente, após qualquer noitada, pergunta sobre a próxima. Não sei ainda quando, mas haverá outras, palavra de escoteiro!

Quero destacar que nesse evento, pela primeira vez, tivemos apoio financeiro de uma empresa privada – a Escurial Revestimentos Cerâmicos. Esta ajuda permitiu a produção de uma noite histórica e somos muito gratos aos apoiadores da Escurial, que valorizam o que temos realizado e estimulam um protagonismo cultural que acreditamos seja uma das melhores formas de garantir nossa salvação em termos de vida musical.

Gostaria de registrar um agradecimento muito especial aos grandes responsáveis pela beleza e energia que nos embalaram no sábado madrugada adentro: Robson Souza, Rafael Jr., Saulinho Ferreira e Alejandro Habib. Esse é o Quarteto Clube do Jazz.

Muito obrigado a todos que estiveram conosco de alguma forma ou de outra e que têm colaborado na construção de alguma coisa saudável e que orgulha, acredito eu, a todos.

Ernesto Seidl, produtor e apresentador do Clube do Jazz.

2 Respostas to “Iª NOITE DO JAZZ FUSION: SOBROU ENERGIA!”

  1. Dani Dutra outubro 4, 2012 às 1:03 pm #

    Uma noite fantástica e rara em Aracaju. Que venham mais e mais noites como esta. Estamos precisando muito dessa energia musical. Saí de lá em estado de levitação. Parabéns pela iniciativa e ao Quarteto Clube do Jazz.

    • blogclubedojazz outubro 4, 2012 às 2:00 pm #

      Muito obrigado. No que depender de nós, muitas outras virão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: